O que é carro sinistrado?

Compartilhe:
Nos casos em que estes carros estão assegurados, eles são indenizados pela seguradora que, em posse dos veículos, levam estes a leilão. É uma dúvida para compradores de carro de leilão de seguradora
21
Aug
São denominados “sinistrados” os veículos que passaram por colisão com outro veículo, capotamento, incêndio, furto, roubo entre outras situações que causaram prejuízos aos proprietários.

Nos casos em que estes carros estão assegurados, eles são indenizados pela seguradora que, em posse dos veículos, levam estes a leilão. Este é um assunto que gera muitas dúvidas em quem já comprou ou pretende comprar um carro de leilão de empresas de seguro. Por isso, decidimos trazer aqui algumas explicações para deixar mais claro para você que está pesquisando sobre o assunto.

Em caso de acidentes

Quando o automóvel passa por um acidente envolvendo outra(s) pessoa(s), o dono deve fazer o BO (Boletim de Ocorrência) que irá classificar o dano como pequena, média ou grande monta. Só assim a seguradora poderá reparar o dano ou indenizar o proprietário.

A resolução de 2008 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), atribuiu os critérios para avaliação desses danos, determinando também uma somatória de pontos para ajudar nessa classificação.

De acordo com a regulamentação nº 362 de 2010, que mantém a classificação de danos, diz que esta será feita seguindo os critérios abaixo.

3.1 - Categorias de danos

- Dano de pequena monta
- Dano de média monta
- Dano de grande monta

3.2 - A classificação do dano na categoria “pequena monta” dar-se-á quando a soma dos pontos de todos os itens assinalados nas colunas “SIM” e “NA” (Não Avaliado) não ultrapassar 20 pontos.

3.3 - A classificação do dano na categoria “média monta” dar-se-á quando a soma dos pontos de todos os itens assinalados nas colunas “SIM” e “NA” for de 21 a 30 pontos.

3.4 - A classificação do dano na categoria “grande monta” dar-se-á quando a soma dos pontos de todos os itens assinalados nas colunas “SIM” e “NA” for superior a 30 pontos, o que implica, também na classificação do veículo como irrecuperável. É importante lembrar que a regulamentação nº 362 de 2010 foi retificada pela Resolução 609/16, passando a valer desde janeiro de 2017. Para conferir o modelo do formulário para esta avaliação, seus devidos critérios e anexos basta acessar o site do Denatran clicando aqui http://www.denatran.gov.br

Durante a avaliação, se o agente responsável pelo B.O classificar o dano como pequena monta, nada será anotado ao documento do veículo. Assim, ele poderá ser reparado e devolvido ao dono.

Mas então, o que determina que o veículo pode ser considerado sinistrado? A partir do momento em que o agente de trânsito responsável pela avaliação classifica o dano em média ou grande monta. Deste modo, o cadastro do veículo será bloqueado pelo Detran.

O carro cujo cadastro foi bloqueado só pode ser transferido para a seguradora até que sejam feitos os devidos reparos. Essa medida serve para garantir que, após o reparo, o veículo seja vistoriado pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) que irá atestar se este tem condições para rodar em segurança.

Em caso de aprovação pelo Inmetro, ele receberá o número CSV (Certificado de Segurança Veicular) e a constatação de SINISTRO/RECUPERADO. Tudo isso ficará registrado no documento do carro.

É possível que o dono do veículo discorde da classificação de perda total (PT). Nesse caso, ele pode pedir uma nova avaliação ou reclassificação aos órgãos responsáveis antes dos reparos.

Pode ocorrer de o valor do reparo após acidente ou desastre natural ser maior que 75% do valor do carro. Assim, a seguradora indenizará o dono mesmo que a avaliação classifique o dano como pequena monta. Nesse caso, o documento receberá a anotação de SINISTRO/INDENIZADO.

Em caso de roubo, a seguradora deve ser acionada após o registro do B.O. Se o carro não for encontrado, o proprietário é indenizado. Depois disso, se o veículo for encontrado, também será registrada em seu documento a anotação de SINISTRO/INDENIZADO, e também irá a leilão pela seguradora.
Se esse artigo foi útil pra você, também pode servir para aquele amigo que está procurando um negócio seguro com carros de leilões. Compartilhe com ele!


Compartilhe: